3 dicas para vender mais e enfrentar a crise

Ebook Cabotagem no Brasil
Ebook: Cabotagem no Brasil 5 dicas para quem quer se dar bem no modal
24 de abril de 2018
Cabotagem é a solução para a logística brasileira
25 de junho de 2018

Muito de que vem acontecendo nos mercados brasileiros está se repetindo em 2018. Queda no consumo, na renda e dificuldades de levar os produtos a novos mercados. Como vender mais nesse cenário?

Isto é o que queremos discutir neste texto. Se o futuro trará novidades tecnológicas, no presente ainda temos que combater os altos custos, a burocracia e a falta de infraestrutura adequada.

Apostar no consumo interno, investindo em uma distribuição adequada dos produtos, é uma das válvulas de escape para se manter vivo no mercado.

Sem dúvida, existem outros caminhos que podem ser seguidos para mudar o panorama de vendas.

De fato é verdade, por outro lado, que os custos logísticos aumentaram em 2017 e tendem a crescer em 2018. Porém, o que queremos apresentar aqui são alternativas viáveis que possibilitam driblar estes aumentos e possíveis problemas de infraestrutura para vender mais.

1. Buscar novos mercados

Há uma tendência de que em tempos de crises se faça como sempre se fez. É como diz o ditado “mais vale um pássaro na mão do que dois voando”.

Na tentativa de se manter vendendo e com as portas abertas muitas empresas abrem mão de explorar novos mercados.

3 dicas para vender mais e enfrentar a crise

Luiz Eduardo Falco, CEO da CVC: “Deixamos de ser uma empresa que oferece pacotes, passagens e hospedagem para nos tornar uma fornecedora completa de serviços” (Crédito: Marco Ankosqui)

Mas há um outro ditado que diz “quem não arrisca não petisca”. Ou seja, por mais que pareça inseguro apostar no novo, ele pode ser a saída para vender mais e superar as crises.

Nesse sentido, um bom exemplo de que é possível ampliar mercados é o da CVC, maior operadora de turismo da América Latina.

Em 2015, diante de uma queda no turismo de lazer (que movimenta mais de R$ 30 bilhões/ano) a empresa optou por entrar no mercado de intercâmbios (que movimenta bem menos, cerca de R$ 1,5 bilhões/ano). Assim ela diversificou e ampliou sua atuação.

Se uma empresa do tamanho da CVC muda, por que não mudar no seu negócio?

Mas há um outro ditado que diz “quem não arrisca não petisca”. Ou seja, por mais que pareça inseguro apostar no novo, ele pode ser a saída para vender mais e superar as crises.

2. Parcerias sólidas para vender mais

Seguindo a mesma linha dos ditados populares, tem um outro que diz “a união faz a força”. Para vencer crises e vender mais é preciso estabelecer parcerias sólidas.

Então, desde o fornecedor de materiais de escritório até o seu operador logístico, todos na cadeia precisam entender que são parceiros de algo muito maior: o seu desejo de vender mais e vencer.

As parcerias só trazem benefícios ao negócio, por exemplo:

• vocês ganha mais poder de compra no fornecedor;
• uma empresa ajuda a outra com os serviços e produtos complementares;
• uma empresa pode indicar a outra para suas respectivas bases de clientes;
• a união das empresas pode ajudar a movimentar a economia de uma determinada região.

Assim você pode começar adotando um parceiro estratégico para sua logística. A Unity Logistics, é uma boa alternativa.

Que tal conversar com eles e saber como eles podem auxiliar o seu negócio a prospectar novos mercados através de soluções logísticas?

3. Apostar na Logística 4.0

Aliás, falando em logística, ela é essencial para ajudar a vender mais.

Junto com indústria 4.0 surgiu a logística 4.0. É quando a gestão logística acontece de forma planejada para ganhar o máximo de eficiência e reduzir os custos ao longo dos processos.

Fazem parte desta filosofia:

• zero estoques;
• just in time;
• informações disponíveis em tempo real e de fácil acesso;
• visão integrada da cadeia de suprimentos;
• lead time reduzido;
• centros de distribuição inteligentes.

A alternativa que contempla a maioria dos requisitos da Logística 4.0 é o serviço Porta a Porta através da Cabotagem. Com ele é possível alcançar sucesso nas vendas, estabelecendo um planejamento e um fluxo de embarques constante.

Dessa forma, na Cabotagem é possível fechar um container para entregar diretamente ao cliente, fazendo com que seu estoque esteja sempre em trânsito.

Outro ponto importante que a Cabotagem oferece são as informações de rastreabilidade de carga. Você consegue saber em que ponto ela está e ter previsões de quando será entregue, facilitando suas operações.

Portanto, a crise pode ser superada com estratégias práticas e que irão fazer com que sua empresa cresça e aumente os lucros.

Gostou das nossas dicas para aumentar as vendas e sair da crise? Deixe um comentário que te respondemos.

Quer entender mais sobre a Cabotagem? Baixe nosso E-Book aqui.

Abraço aos navegantes!

Jonathan Amaral
Jonathan Amaral
Atua em cabotagem há mais de 5 anos, tendo trabalhado com operações e na área comercial. Faz parte do time de vendas da Unity Logistics.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *